Culinária

Biomassa de banana verde

A biomassa de banana verde foi criada por Heloisa de Freitas Valle, cozinheira de mão cheia e ex-bananicultora, ela descobriu a riqueza nutritiva da banana, fruta milenar que vem sendo cultivada pela humanidade há mais de oito mil anos e desenvolveu uma vasta pesquisa envolvendo especialistas da Universidade de São Paulo e da Universidade Federal de São Carlos. Criadora do projeto Pró-Banana Verde em parceria com Luiz Márcio Poiani, catedrático da Universidade Federal de São Carlos, começou a pesquisar e a utilizar a banana verde cozida na culinária convencional para combater a desnutrição, a fome e o desperdício de um produto tão nutritivo e abundante em solo brasileiro.

A banana verde tem o que chamam de amido resistente que atua como fibras insolúveis, permanecendo no intestino e ajudando assim a manter e reestabelecer a flora intestinal. Ela é considerada um alimento pro biótico  pois estimula o crescimento de bactérias no intestino, como os lactobacilos, ela combate o colesterol, diminui a absorção de açúcares e gordura pelo organismo e auxilia em tratamentos para emagrecer pois proporciona saciedade, tem baixo valor calórico e não tem gosto específico,  por isso pode ser usada tanto no preparo de pratos doces como salgados. A banana, ainda verde é consumida na forma de pasta, usada em receitas de bolos, pães, patês, sopas, docinhos e muitos outros pratos.

A biomassa de banana verde também possui vitamina A, que é importante para os olhos, pele e contribui para o crescimento. Além disso conta com vitaminas do complexo B, B1, B2 e B3, que agem no metabolismo da glicose, dos ácidos graxos e aminoácidos, também o potássio, o manganês e o fósforo estão presentes na biomassa de banana verde.

 

      Preparo da biomassa de banana verde    

  • Retire as bananas verdes orgânicas da penca, elas tem que ficar bem fechadas e tanto faz o tipo: caturra, prata, maçã, etc.. Lave-as bem.

    Lavar bananas

  • Aqueça a água até ferver na panela de pressão e coloque as bananas para dar o choque térmico. A água tem que cobrir todas as bananas. Feche a panela de pressão. Assim que a panela começar a chiar deixe 10 minutos e desligue o fogo. Deixe o vapor sair por inteiro antes de abrir a panela.  
  • Abra a panela de pressão e vá retirando as bananas uma a uma. Abra a casca, tire a polpa e coloque no liquidificador ou processador. Adicione um pouco de água quente filtrada para que a textura fique cremosa tipo purê.

  • Coloque num recipiente de vidro bem vedado e conserve até por uma semana na geladeira ou congele em pequenas porções.